Negócios Sustentáveis

Mudanças climáticas e perspectivas para o Brasil

Ontem o professor Eduardo Viola, da Universidade de Brasília, em sua palestra "A dinâmica das potências climáticas e as perspectivas da transição ao baixo carbono", apresentou uma panorama sobre o papel dos principais países que influenciam a governança climática global.

Resumidamente, o prof. Viola acredita
ser pouco provável a aprovação de um acordo internacional do clima enquanto perdurar a tensão econômica existente entre os Estados Unidos e a China. Essa tensão deve-se à pressão que os Estados Unidos fazem para que a China valorize sua moeda, o yuan. Esses dois países mais a União Europeia são responsáveis por cerca de 60% das emissões de carbono do planeta.

Estados Unidos e China são as principais potências climáticas e, segundo Viola, detêm poder de veto nas decisões internacionais sobre o clima. Ele acrescentou que a União Europeia teria perdido papel de protagonista em acordos climáticos devido à crise do Euro. O prof. Viola coloca o Brasil na posição de potência climática média, ao lado de Índia, Rússia, Japão, Indonésia, África do Sul, México, Coreia do Sul, Canadá e Arábia Saudita. Todos esses países são conjuntamente responsáveis por cerca de 25% a 30% do total das emissões de carbono. Segundo ele, a partir da Conferência das Partes em Copenhague, o Brasil passou a assumir posição mais de vanguarda ao definir metas voluntárias de redução de suas emissões de carbono e também ao aprovar uma lei sobre mudanças climáticas. O prof. Viola afirmou que para reduzir o total de suas emissões de carbono, além de diminuir o desmatamento, é fundamental que o Brasil invista na infraestrutura de transporte. Segundo ele, o transporte de carga no Brasil é o de mais baixa eficiência no mundo.

Num cenário futuro, o prof. Viola acredita que a questão climática permanecerá central considerando seu impacto nas finanças, comércio e cadeias produtivas mundias. Vale a pena conferir as próximas três palestras do Módulo "Mudanças Climáticas e Perspectivas para o Brasil", que acontecerão ainda nesse mês de agosto. Acesse: www.faap.br/pos_graduacao

Nenhum comentário:

Postar um comentário