Negócios Sustentáveis

Stern alerta para os impactos das mudanças do clima na economia

Participamos hoje do evento “Elementos-chave para uma economia de baixo carbono”, no qual houve a palestra do renomado economista inglês Nicholas Stern. A pedido do governo britânico, o prof. Stern elaborou um relatório para avaliar os aspectos econômicos das mudanças climáticas, o chamado Stern Review. Em sua palestra, o prof. Stern alerta para as conseqüências das mudanças do clima como, por exemplo, secas, inundações, furacões e aumento da temperatura do planeta, que irão provocar o deslocamento de populações afetadas por esses eventos climáticos e interferir no nosso modo de vida. Ele aponta para a necessidade de haver um entendimento global para estabilizar o nível de emissão na atmosfera dos gases do efeito estufa, principalmente de gás carbônico (CO2). Esse entendimento passaria por uma estreita colaboração entre o setor público e o setor privado, pela implantação de políticas públicas voltadas à mitigação dos impactos das alterações do clima, pela taxação das emissões de carbono e por investimentos em pesquisa e tecnologias de baixo carbono. Segundo ele, os setores siderúrgico, cimenteiro e de alumínio, grandes consumidores de energia, são os mais afetados e os que mais devem resistir a esse entendimento e recomenda aos governos não cometerem o erro de aumentar o protecionismo econômico, principalmente ao setor agrícola. Os riscos das mudanças climáticas para as empresas, segundo o prof. Stern, são: causar danos materiais, comprometer a reputação (nada fazer frente às alterações do clima), haver maior regulamentação e provocar alterações nos preços de mercado. Por outro lado, ele identifica oportunidades de negócios voltados ao desenvolvimento de novas tecnologias de baixa emissão de carbono e à eficiência energética. Finalmente, o prof. Stern alerta: “postergar os investimentos para combater a mudança do clima aumentará o custo para enfrentá-la mais adiante e dificultará ainda mais a nossa vida". Lei aqui o Relatório Stern.

Nenhum comentário:

Postar um comentário