Negócios Sustentáveis

Investidores brasileiros debatem sobre melhores práticas

No dia 15 de maio aconteceu um workshop sobre os Principles for Responsible Investment - PRI (Princípios para o Investimento Responsável), iniciativa de investidores institucionais de todas as partes do mundo em parceria com a Organização das Nações Unidas - ONU*. O PRI são um conjunto das melhores práticas sociais, ambientais e de governança corporativas globais aplicadas nas tomadas de decisões de investimentos.

O evento, que ocorreu em São Paulo, foi organizado pelo Banco HSBC, signatário do PRI, e contou com destacados representantes do conselho do PRI, empresas e investidores institucionais brasileiros também signatários do PRI: fundo de pensão PREVI, Real ABN AMRO Asset Management e SustainCapital (gestora do Fundo Brasil Sustentabilidade do BNDES), além de especialistas em investimento responsável.

O workshop fez parte de outros eventos realizados pela ONU aqui no Brasil para divulgar o PRI entre os investidores institucionais brasileiros, demonstrando a relevância da incorporação de critérios sociais, ambientais e de governança em suas estratégias de investimento. Até o momento, 22 instituições brasileiras aderiram ao PRI. A maioria delas são fundos de pensão como Centrus, Funcef, Sistel, Petros e Valia, além da pioneira Previ.

No evento foram discutidos os avanços e entraves de sustentabilidade no Brasil; a relação das empresas com a sustentabilidade; e quais são as melhores práticas de sustentabilidade nos investimentos. Especialmente no painel que tratou das melhores práticas, do qual participamos e colocamos em discussão a questão do impacto das mudanças do clima no âmbito dos negócios e nas análises de investimentos, chamou a nossa atenção o fato do Fundo Brasil Sustentabilidade adotar critérios para avaliar os riscos decorrentes das alterações climáticas.

A inclusão desse critério pelo Fundo Brasil é uma prática de investimentos inédita no país e certamente mereceria ser amplamente utilizada, tendo em vista o quanto o clima já vem impactando os negócios, bem como os cenários expostos nos últimos relatórios do IPCC. Esperamos que a experiência do Fundo Brasil Sustentabilidade possa ser compartilhada entre os demais signatários dos PRI.

* por meio da United Nations Environment Programme Finance Initiative - UNEP FI (Iniciativa Financeira do Programa para o Meio Ambiente das Nações Unidas) e da United Nations Global Compact (Pacto Global das Nações Unidas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário